As atividades gerais para Bolsistas de ICJ-CNPq/MNR e Tutores

Entenda qual o seu papel, do seu tutor e do orientador acadêmico no processo de condução da ICJ.

O que deve ser realizado pelo Aluno?

  • É importante ressaltar que cada aluno deverá cumprir fielmente o que está estabelecido em seu plano de atividades, submetido ao CNPq antes do início do trabalho (Formulário Candidatura Bolsas ICJ). Toda a criatividade é bem-vinda, desde que não exista alteração na temática do trabalho.
  • Nela nenhuma alteração é possível, sob nenhuma circunstância, e sobre ela versará o relatório final de cada aluno.
  • Cada Coordenador Acadêmico desenvolverá com os grupos os aspectos relevantes em cada trabalho, bem como acompanhará o desenvolvimento do grupo.

Como é a operacionalização do trabalho?

Cada projeto, através de seu tutor(a) e bolsista(s), deverá realizar as atividades abaixo:

  • Submeter um documento no formato de Artigo Científico (Modelo) relatando o desenvolvimento do projeto para MNR realizado durante o período de vigência da Bolsa. A submissão do artigo deve ocorrer através do sistema Olimpo (acesse aqui>) na data estipulada pela Organização da MNR disponível no site da MNR no menu: Agenda > Agenda de Atividades Bolsistas;
  • Apresentar pessoalmente na Mostra Presencial da MNR o resultado do projeto realizado durante o período de vigência da Bolsa. Informações detalhadas e procedimentos da Mostra Presencial Clique Aqui;
  • Realizar relatórios mensais sobre desenvolvimento do projeto e participação do bolsista através do preenchimento do “Fomulário Acompanhamento Bolsista” online disponível no site da MNR durante o período de vigência da Bolsa para fins de supervisão do projeto pela Coordenação Acadêmica da MNR. Acesse o Fomulário Acompanhamento Bolsista aqui>).

Atenção:

O descumprimento das atividades obrigatórias acordadas entre a MNR e o Tutor e Bolsista(s) no momento do aceite da Bolsa são motivo de solicitação de cancelamento.

Como funciona a orientação?

Cada bolsista terá um um Tutor associado e um Orientador designado (Coordenador Acadêmico). Para cada trabalho, segundo o “Roteiro de Implementação ICJ de Feiras de Ciências e Mostras Científicas CNPq”, existem quatro figuras importantes:

  • COORDENADOR DO PROJETO: é aquele que submeteu e teve a proposta aprovada no Edital CNPq. O coordenador do projeto perante o CNPq é o responsável por toda a gestão do projeto da Mostra Científica.
  • COORDENADOR ACADÊMICO: Professor(a) de uma Instituição de Ensino Superior (IES), com titulação mínima de mestrado, responsável pelo planejamento e supervisão das atividades, bem como pela avaliação do desempenho do grupo sob sua orientação, contando com a colaboração dos Tutores diretamente vinculados às escolas de ensino fundamental, médio ou técnico.
  • TUTOR(A): Professor(a) do ensino fundamental, médio ou técnico vinculado à escola pública ou privada onde estuda o aluno premiado na Mostra que irá desenvolver o estabelecido no Projeto de Ensino de Ciências ou no Plano de Atividades. O Tutor(a) será o responsável pela operacionalização do Projeto de Ensino de Ciências ou do Plano de Atividades e pela supervisão direta do(s) bolsista(s) de ICJ. Caberá ao Tutor(a) orientar o(s) bolsista(s) no caminho de uma aprendizagem segura, relevante, ativa, planejada e adequada às necessidades do grupo e da escola como um todo. Os Tutores são os professores indicados no formulário enviado dos bolsistas contemplados.
  • BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JUNIOR – ICJ para Feiras de Ciências e Mostras Científicas: será o Aluno(a) da escola pública de ensino fundamental, médio ou técnico premiado na Feira de Ciência ou Mostra Científica, e que irá desenvolver o estabelecido no Projeto de Ensino de Ciências ou do Plano de Atividades sob a supervisão dos Tutores.